O que falam das FESTAS EM IBIZA

Andando por ai, encontramos algumas coisas bem interessantes, engraçadas e dicas quentes sobre as Festas em Ibiza. Confiram:

Festas em Ibiza

Festas em Ibiza

“Muitas discotecas já vendem entradas combinadas para a festa da noite e um after hours (por exemplo: Privilege + Space) com preços bem interessantes. Se você pretende encarnar o coelho duracell, vale a pena ficar atento, porque o preço das baladas em Ibiza é MAIS salgado do que a água da torneira. Para se ter uma idéia, as baladas costumam custar de 40 a 80 euros, só o sorriso.

Qualquer bebida alcoólica dentro da balada não sai por menos de 10 euros. Sim, 10 euros uma cerveja, na melhor das hipóteses. Portanto, quem tiver sede escapa da falência se abastecer o tanque no centro de Ibiza antes de entrar.

Na minha primeira vez na ilha, me recusei inicialmente a pagar 10 euros em um garrafinha d’água dentro da balada. Caminhei decidida até o banheiro, abri a torneira e… fooom foooom fooooooom… a água era salgada! A ilha tem um problemaço de falta de água. E muitos reservatórios da ilha são preenchidos com água dessalinizada. O processo, pelo visto, não dá um resultado 100%. “

Por: Andriana Setti
Blog: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/achados/

“Porém, é também em setembro que acontecem as closing parties de Ibiza. As melhores são as da Pacha, Space, Privilege e Amnesia. El Divino, Eden, Es Paradis também dão pro gasto. Além do encerramento dessas casas, também existem as festas de encerramento de certas festas (a festa é independente da casa – a Manumission e a La Troya por exemplo aconteciam em uma balada e em outro ano migravam para outra casa com melhores condições). Use esses nomes aí que eu passei no Google e encontre o calendário da que te mais apetece. Mas tenha em mente que não estará bombando como em julho ou agosto – é bem menos gente…”

Por: Victor
http://fromvictorwithlove.com

“Por volta das 2hs da madruga, comprei os ingressos antecipados (45 euros cada), para evitar pagar 60 euros se fôssemos direto na boate. Deu um frio na barriga quando vi escrito nos ingressos, logo depois de pagar por eles, enquanto esperava o troco, que eles só valiam até as 2hs. Perguntei para o cara que me vendeu (numa loja de CDs) se aquilo ali era levado a sério e ele me garantiu que não, que não haveria problema algum. Pareceu convincente… Quando entramos na Pacha, fiquei mais aliviado e contei que os ingressos, a rigor, só valiam até as 2hs, embora já fosse cerca de 2h30. Vivendo perigosamente (e quase arriscando 90 euros!).

Naquela noite, estava acontecendo uma das closing parties, festas de despedida dos DJs que ocorrem nas últimas semanas da alta temporada. Havia cartazes com a programação dos dias seguintes por todo canto.

Não entendo nada de música eletrônica, mas mesmo assim gostei muito. O lugar é um paraíso para quem é fã, porque lá chega primeiro muita coisa que na temporada seguinte se espalha para o resto do mundo. Dita-se moda e tendências ali, há várias décadas.

A boate é cheia de áreas para descansar, com sofazões, inclusive em áreas abertas no terraço. Há fontes d´água e em tudo que é canto uma mulher dançando num “queijinho” daqueles. Os seguranças não gostam que batam foto, por isso evite o flash!

Há até massagem para quem precisar, naquelas cadeiras especiais que hoje em dia se vêem em shoppings e aeroportos. “

Por: André Augusto Cella
Blog:  http://demochilao.blogspot.com

“Já com a vodka comprada e os energéticos tb, colocamos pra gelar enquanto o Paozinho cozinhou, fez uma massa com molho vermelho, ficou ótima! depois vodkinha e PACHA!!!! O LUGAR EH SHOW!!!! dançamos muito, curtimos muito o som, mas o Guetta tocou era 4h , tarde pra caceta, mas “pagou a pena”!

Resumindo, todos devem conhecer Ibiza, a ilha é linda, o clima é demais, a vontade é de ficar muito mais. Com certeza voltaremos.”

Por: Silvana Laura Raymundo
http://silvanaraymundo.blogspot.com

“Ibiza tinha tudo para ser um balneário turístico europeu como outro qualquer. Porém, a ilha se tornou mundialmente conhecida pelas festas de música eletrônica, bares e agitos que atraem jovens de todas as partes do mundo… Se prepare para deixar quantias homéricas nos bares e restaurantes locais pois Ibiza é cara. O KM 5 é uma das melhores opções para jantar. Localizado numa rodovia local, o lugar serve a melhor carne da ilha. Tendas árabes com móveis luxuosos e garçonetes trajando botas cano longo e mini saias fazem par com o som eletrônico que está por todas as partes da casa. Não deixe de experimentar o “mojito” e, na saída, de comprar o CD com a trilha sonora do restaurante.

No mais, se jogue na noite: Pacha, El Divino, Es Paradis e Amnésia são alguns dos clubes para ferver até altas horas. Se for à Pacha, tente juntar alguns amigos para comprar um dos camarotes, que são uma verdadeira festa dentro da festa. Ah, também não esqueça dos “sunsets”, festas de música eletrônica ao pôr do sol, que são uma das marcas registradas da ilha.”

Por: Flávio Marques
http://www.portalflavour.com

“A ilha espanhola não dorme. Vive uma noite interminável. Mas você vai adorar cochilar em uma de suas 56 praias.

Há sempre um gostinho de noite na ilha espanhola de Ibiza. A qualquer hora. É assim até sob o sol escaldante, diante do azul do Mediterrâneo e cercado de corpos que se bronzeiam sem biquíni, sem calção ou qualquer outra barreira. Não repare agora, mas aquela moça que acabou de se instalar nas areias quentes da Praia de Ses Salines chegou trajando um vestido de festa, com lantejoulas. Claro: ela emendou a balada na badalação e – nem um pouco abalada – veio curtir mais música eletrônica. Sim, senhor, porque em plena praia, no fervor do meio-dia, o som permanece vibrando na pick-up do DJ. Só que agora mais lento, no balanço do lounge, a variação da música eletrônica feita para embalar conversa, paquera, romance e pôr-do-sol. Se o espírito da noite resiste em Ibiza, tanto melhor. Ninguém esquenta. Só as areias. Mesmo no auge do verão, não há engarrafamento – embora as estradas tenham todas as curvas e nenhum acostamento.”

Por: Mário Vianna
http://www.jajatour.com.br

 “Quando se fala em uma viagem que é quase que unânime para os jovens é para Ibiza. A cidade espanhola guarda diversões durante as 24 horas do dia e em todos os dias da semana. Ao entardecer, o sol vai se pondo ao som de muita música eletrônica. Homens e mulheres se divertem e paqueram a todo momento… Nas praias, há performances das grandes casas noturnas que se conhece. Pacha, Privilège, Amnesia e Space promovem as melhores baladas da cidade. Todas as baladas acabam às seis horas da manhã com uma vista privilegiada de um belo nascer do sol. No outro dia, a alegria continua em mais um dia de sol e muita curtição.”

Por: Daniel Marques
http://www.dialogosuniversitarios.com.br

“Ibiza, na Espanha, e Mykonos, na Grécia, as ilhas mais tresloucadas do Mediterrâneo, só bombam mesmo no verão, isto é, entre junho e setembro. Em Ibiza tem balada o tempo todo. No final da tarde é hora de Café del Mar; à noite, dasmegadiscos Pacha, Privilege ou Amnesia. De manhã, dos after-hours, categoria onde o Space(foto) reina soberano. Mykonos começa a agitação à beira-mar na Paradise Beach. No final da tarde a galera se transfere para os barzinhos de Little Venice e, de madrugada, ou vai para a Space ou volta para a praia, no Paradise Club.”

Por: Rachel Vereno
http://gloss.abril.com.br/cultura

“… Entre as dicas para fazer turismo em Ibiza, está aproveitar o verão para participar da Festa do Anzu Club, com curtição nas pistas de dança Terraza, Red Box, El Hotel Pacha, dentre outras…”

Por: Juliana Romão
http://www.megadicas.com

“Ibiza é considerada um destino turístico popular, sobretudo por sua agitada vida noturna, concentrando-se em duas áreas, em primeiro lugar na cidade de Ibiza e em segundo plano Sant Antoni de Portmany.

Existem muitos clubes e discotecas conhecidos, tais como o Privilege, Eden, Es Paradis, Amnesia, Space, Pacha, Underground, Noite de Gala e DC10. Durante o verão, muitos dos melhores produtores de música e DJs vão trabalhar em Ibiza. Geralmente, nos clubes, um dos dias da semana é totalmente dedicada a cada um deles.

Por exemplo, em 2009, Carl Cox tocava Carl Cox & Friends às terças no Space, Pete Tong tocava no Eden toda sexta-feira, e Wonderland ou Tiësto toda segunda-feira no Privilege Ibiza. Muitos desses DJs utilizam Ibiza como plataforma para a apresentação de novas canções e temas da música house, trance e techno.

A temporada de festivais tradicionalmente começa em junho com a festa de abertura do Space e DC-10, e termina em outubro, com as festividades de encerramento. O horário típico para os turistas clubbers se inicia ao meio-dia, algum evento no período da tarde, vão a discotecas e clubes à noite e, finalmente, vai-se a um clube para ver o nascer do sol. O Conselho da Ilha de Ibiza está a tentar promover um tipo de turismo mais calmo e familiar, incluindo as leis que exigem que os clubes fechem às 06:00 e exigindo que todos os novos hotéis sejam de 5 estrelas. O governo está querendo atrair uma mistura mais internacional de turistas.”

Por: Wikipedia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ibiza


Agora falta a sua dica/relato/sonho! Conta pra gente!

~ por Jeff Wendell em 09/08/2011.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: